O que você está procurando?

segunda-feira, 20 de maio de 2013

A Viagem do Tigre - Colleen Houck

Perigo. Desolação. Escolhas.

A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor?

Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores.
Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia. No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos.
Em A viagem do tigre, terceiro volume da série A maldição do tigre, Kelsey, Ren e Kishan retomam a jornada em direção ao seu verdadeiro destino numa história com muito suspense, criaturas encantadas, coraçõespartidos e ação de primeira.



Algumas séries tem o que podemos dizer de uma qualidade decrescente. O primeiro livro é incrível, o segundo é bom, o terceiro é bobo e aí vai... E isso faz com que a continuação se torne indesejada.
Já outras séries tem a qualidade crescente. O primeiro livro é incrível, o segundo é fantástico, o terceiro é viciante e o quarto, bem, o quarto eu ainda não li.
A Viagem do Tigre, terceiro volume da conhecida série do Tigre, é um dos livros mais sufocantes que já tive o prazer de ler. Sufocante no sentido literal da palavra. Se O Resgate do Tigre já foi razão para noites mal dormidas, a Viagem te deixa louco por simplesmente não poder entrar lá dentro e esmurrar certas pessoas. Sem dúvida, o mais bem escrito até agora (por que já me disseram que o próximo volume é ainda melhor). 
Neste terceiro livro, o trio da Incerteza continua sua jornada para quebrar a maldição que envolve os dois príncipes indianos, Dhiren (Ren) e Kishan, a qual faz com que eles tenham (neste estágio) que ficar por cerca de 12 horas por dia na forma de tigre. No fim do volume anterior, Ren esquece completamente de Kelsey (só para constar, eles são o casal "te amo eternamente" da história), e durante a Viagem este fato causará problemas incontáveis. 
Desta vez a jornada se passará sobre o Deshen, um megaiate (se não me engano) que pertence aos  dois príncipes - que são tipo, bilionários. A missão, como já citado na sinopse, é encontrar o colar de pérolas negras de Durga, e para isso eles terão que passar por cinco dragões místicos, cada um responsável por algo na Terra, para que então cheguem ao ponto final onde terão que enfrentar o maior desafio para finalmente ter a joia em mãos. 
Mas em paralelo com a busca pelo terceiro item, existe o drama do triangulo amoroso: Ren ama Kelsey, que ama Ren mas sabe que se relacionar com ele pode ser perigoso; Kishan também ama Kelsey, que também ama Kishan, e vê com ele um relacionamento mais seguro. Mas Kelsey ama Ren mais do que Kishan, ou melhor dizendo, de uma maneira mais intensa. E esta confusão se desenrola por todo o enredo do livro, até que algo acontece para... PIORAR tudo. Piorar drasticamente. De uma maneira extremamente asfixiante. E dá uma vontade de esganar o Ren! Ou falar para Kells deixar de ser idiota... Ou para o Kishan... Olha só, até que o Kishan merece meu respeito.

Sempre meloso, com a Kelsey sendo alvo dos piores acontecimentos, A Viagem do Tigre segue o mesmo modelo dos outros livros (o que é óbvio, já que é uma série). Mas o que notei de um pouco diferente é que este terceiro foi mais elaborado e mais bem trabalhado, mesmo tendo muita encheção de linguiça, é uma leitura fascinante, cansativa mais fascinante. Como já mencionei mil vezes nas resenhas anteriores, o que mais gosto na saga é a quantidade de informação tanto cultural, quanto social e econômica dos lugares por onde o grupo passa. E a Viagem, à meu ver, superou também neste quesito. Trazendo um montão absurdo de conhecimento não apenas referente à Índia, mas também aos "gerais" necessários nas pesquisas sobre a maldição, as quase quinhentas páginas foram um tempo gasto também para os estudos. Exatamente, o Sr. Kadam está sendo um ótimo professor. E claro, depois de ler já estou até sabendo como me defender se um tubarão me atacar. LUV ♥
Pela terceira vez também recomendo a leitura. 
Para quem não gosta de YAs, creio que deva tentar da mesma maneira. É só deixar as frescurinhas típicas de lado, o que tenho que fazer as vezes (existem partes bem bobinhas), e prestar mais atenção no enredo em si. É muito bem elaborado.

Já lançados:
Algumas FanArts:

Então, por hoje é só.
Estou ansiando por O Destino do Tigre.

Um comentário:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
    A-M-E-I!!!!!! Menna , eu ao seu texto!! Já disse que sou sua fã???????Amo os igres e não é segredo, exatamente por tudo que c descreve cima. Fecho os lhos para as pare bobinhas do trio incerteza, mas amo de qualquer maneira.
    Origada por ete presente flor!!!
    Beijos muito queridos !
    Keila Gon

    ResponderExcluir