O que você está procurando?

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Assim Para Sempre - Dia do Escritor



Abriu os olhos, sem nenhum sinal de sono. Sentou-se na cama e olhou para o relógio acima da porta pela décima primeira vez, poucos minutos haviam se passado desde a última checagem. Deitou-se novamente, mas sentia que algo estava completamente errado. Não se importando com o que os ponteiros indicavam, enrolou-se mais uma vez no poncho de lã turquesa que pendia da cabeceira e voltou pelo mesmo caminho que há pouco mais de dez minutos havia percorrido em direção ao quarto. Girou a maçaneta, e por mais comum que a saleta pudesse parecer foi como se tivesse adentrado um outro mundo. Deslizou até a mesa onde a máquina se encontrava, com a palma das mãos afastou a cobertura encardida que era a única coisa que a separava de casa, e sentou-se finalmente.
Os dedos ansiosos logo voltaram a tecer a trama. Não era necessário pensar demais, as palavras já estavam todas em ordem, esperando apenas para serem libertas. Sem mesmo perceber as páginas se completavam, o drama se concretizava.
Às vezes, do nada, seus lábios se abriam nos sorrisos mais sinceros possíveis. Estava mesmo acontecendo! Havia chegado naquela parte crucial, depois de tanto esperar finalmente contaria à Eles se seus peregrinos conseguiriam concretizar a missão. Porém o coração se apertava, ainda não era hora de dizer adeus. Levantou, chegou até a janela aberta e por alguns segundos apenas sentiu a brisa gelada e tentou prestar atenção nos sons que vinham do centro do bosque. Não, o bosque não existia no nosso mundo. Ao menos, ainda não. Mas ela o sentia, o estava criando, afinal.
Agora sim certa do que deveria fazer, aconchegou-se mais uma vez em frente à máquina. Sorte sua que não havia mais ninguém, pois tocava as teclas com tanta anelação que estas sozinhas funcionariam como uma orquestra. Chegou então na última linha, depois de, o quê... Meses?
Respirou fundo, esperando fortemente que não Os tivesse decepcionado.
E finalmente, já com os dedos trêmulos, escreveu:
E eles viveram assim para sempre.

Mas sem colocar um Fim, pois sabia que por mais que o papel e a tinta dissessem que aquele era o fechamento, a história continua eternamente dentro de cada um Deles, e principalmente dentro de si. 



Eles nos fazem ficar noites inteiras acordados. Nos fazem rir e chorar com um simples montante de papel. Nos fazem esperar como loucos por um simples lançamento.
Mas o que fazemos sem eles?
Então, não desejo 'Feliz Dia Do Escritor', isso é meio sem sentido. 
Digo apenas Obrigada. E nem precisa falar pelo que, não é?

E, claro, uma dedicação especial para os parceiros do TdS:


9 comentários:

  1. Obrigado pelo carinho, Rafa. Grande abraço e sucesso pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Rafa, que texto lindo! Eu sou do tempo das máquinas de escrever (sim, sou jurássica!) e, em algumas madrugadas, me vi na pele da personagem do conto, mas com um acréscimo: fechar cuidadosamente a porta para não perturbar o sono do marido e dos filhos!
    Obrigada pela lembrança, obrigada pelo carinho!
    Beijos!!!
    Eleonor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou apaixonada por essas máquinas, Eleonor. Acho incrivelmente lindas (e chiques rsrs). Ainda não tenho a minha, mas a busca continua até hoje' kkk
      bjk

      Excluir
  3. Rafa, adorei tudo o que você escreveu! Parabéns.

    Abraços,
    Igor Gouveia.
    http://www.diariodebordodeumleitor.com/
    (Espero seu comentário lá.)

    ResponderExcluir
  4. Rafa, sua linda! rs'
    Puxa, que texto lindo e emocionante! Escrevestes e descrevestes bem um pouco do muito que é ser escritor, esse lutar frenético com as ideias, as palavras e o papel.
    Muito obrigado pela linda homenagem e pela consideração, minha querida.
    Fico muito feliz com seu carinho.
    Um beijo pra ti e tudo de muito bom, sempre!

    Elton SDL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso, vocês merecem muito mais!
      E muita sorte no próximo projeto, que ele venha logo! rsrs
      bjk

      Excluir
  5. OHHHHHHHHHHHHH LINDA RAFA!!!!!!!!!! DESCULPA amiga!!!!
    Demorei mas cheguei!!!!!!!!
    Parabéns ... eu AMEI! E por isso te admiro tanto!
    E juro não vou te fazer sofrer tanto.... logo logo "Sombras " está ai.... : )
    Beijos MUITO AGRADECIDOS!!!!!
    Keila Gon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, obrigada Keila!
      U're so sweet...' =^.^=
      E esse "logo logo" me deixou curiosa, hein! Já tem alguma data? Precisamos de dados, my God! rsrs
      bjk

      Excluir